quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

1º dia - Chegada em Los Angeles - Hotel - Premium Outlet Camarillo

Saímos do aeroporto de Fortaleza ás 15:45 com destino a São Paulo e de lá pegamos nosso voo internacional. A nossa bagagem foi despachada em Fortaleza e não precisamos pegar em São Paulo, passamos apenas pelo BAGAGE DROP e pegamos um outro cartão de embarque da Delta. A imigração foi rápida e saímos às 23h.

outlet camarillo - los angeles


A viagem de São Paulo até Detroit foi bem agitada, estávamos dormindo quando o comandante do voo solicitou a presença de algum médico com urgência, pois uma senhora estava passando mal. Foi aquela correria, desesperador, a tripulação bem nervosa e os passageiros mais ainda. Por sorte tinha uma médica e um socorrista e conseguiram fazer os procedimentos de primeiros socorros, levaram ela para última poltrona, colocaram bomba de ar e solicitaram que todos os passageiros fechassem as janelas, eu não entendi o motivo, imagino que usaram algum equipamento tipo desfibrilador. Ela se salvou!

Chegamos em Detroit ás 6:45 da manhã. Passar pela imigração mais um vez foi muito tranquilo, já havíamos preenchido o formulário obrigatório para entrada em USA. Pegamos uma senhora bem simpática e não fez muitas perguntas, mas assim como na outra viagem, levamos nossa pasta com toda a documentação necessária ( passaporte, contra cheques, certidão de casamento, comprovantes das passagens e hospedagens com endereços). Como o nosso voo era uma conexão não precisamos pegar as malas e fazer um novo check-in, apenas pegamos para passar na imigração e devolvemos lá mesmo. É importante sempre ter em mãos os passaportes, eles são um pouco sem paciência.

Não tivemos muito tempo para conhecer o aeroporto de Detroit, ele é gigantesco, mas ainda conseguimos ver lojinhas e tirar algumas fotos e já começamos a sentir aquele clima diferente!! Tudo muito moderno e organizado.

aeroporto fortaleza - los angeles aeroporto fortaleza - los angeles

aeroporto de detroit aeroporto de detroit

Pegamos o voo para Los Angeles (LAX)  que teve duração de 4 horas e chegamos ao nosso destino ás 10:30 da manhã. O voo na Delta foi bem agradável pra compensar o anterior (rsrs). Chegando em Los Angeles, como já tínhamos passado pela imigração, fomos apenas pegar nossas malas que pra nossa surpresa era em um lugar aberto pra todo mundo, as pessoas que vão esperar os passageiros ficam no mesmo local que as esteiras e nada acontece, não some malas e nem fica aquela bagunça que estamos acostumados por aqui.

Como já comentei, lá é tudo organizado e funciona muito bem. Alugamos o carro pela internet e o local onde recebemos o carro não fica no aeroporto, mas eles disponibilizam transporte em um mini-ônibus até o local sem nenhum custo adicional.


aeroporto de las vegas onibus da locadora de veiculos no aeroporto de las vegas

Para pegar o carro também não tivemos nenhum dificuldade, apresentamos o comprovante de reserva, e apenas cobraram um valor que já estava pago alegando que não poderia estar incluso, como era complicado questionar, pagamos pra depois tentar reaver esse dinheiro com o site que compramos o voucher. Assim como em Miami, mandaram ir até uma fileira de carros e escolher, não tinha nenhum da nossa categoria e ofereceram outro da categoria de minivan, não aceitamos, afinal o gasto de combustível seria bem maior. Logo apareceu um funcionário que conseguiu um do jeito que queríamos, ficamos novamente com o Dodge Avenger. Eu não sei qual o objetivos deles, mas em Miami, na Alamo, tivemos esse mesmo problema, reservamos um menor e queriam dar um maior, mas é só insistir que eles resolvem o problema.

O hotel que reservamos era bem próximo ao aeroporto, na mesma rua das locadoras de carro e foi muito fácil de encontrar. Reservamos esse primeiro dia para ir ao Camarillo Premium Outlet, pra ter uma noção de preços e comprar algumas coisinhas que preferimos não levar do Brasil.

O outlet fica em Camarillo, uma cidade vizinha, aproximadamente 87 km de onde ficamos, o trânsito é bem complicado, muitos carros, muitas saídas e complicado de dirigir com menos de 100 km/h. O GPS é essencial para dirigir por lá, tanto para alertar para as saídas como para os limites de velocidade. Vá com calma e atento, aproveitando para ver a paisagem como nas fotos abaixo.

estrada de los angeles para camarillo estrada de los angeles para camarillo


Esse outlet é um dos maiores que já fomos e bem díficil ir em todas as lojas em apenas 1 dia. Os preços são um pouco diferentes do de Orlando, até mesmo por conta das taxas de impostos que cada estado define. Lá você encontra as lojas mais procuradas pelos brasileiros como Tommy, Michael Kors, Ralph Lauren, Adidas, Nike, American Eagle, enfim, muitas lojas.

Você pode levar os cupons de descontos do shopping impressos ou mostrar pelo celular para trocar pelo livrinho de descontos que eles fornecem, porém, se você não tiver comprado um chip dos EUA, é importante que já deixem salvo, pois o acesso a internet nesse shopping é bem complicado, só existem 2 pontos de acesso Wi-fi liberado e o shopping é muito grande. Por incrível que pareça não é tão fácil encontrar pontos de acessos Wi-Fi públicos nos EUA. 

Compramos apenas o necessário, algumas blusas e tênis, pois a viagem era longa e ruim pra ficar com muita bagagem e também em Las Vegas ainda tinham mais 2 outlets para conhecer.

camarillo premium outlet camarillo premium outlet

compras no camarillo premium outlet camarillo premium outlet

Saímos do shopping as 20:30, bem cansados e paramos pra jantar no primeiro McDonald's que encontramos, pra ser prático e rápido. Ainda paramos no Walmart pra comprar algumas comidas e abastecer nosso frigobar.

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Olá Ana Paula,

      nós fomos em novembro de 2014.

      Obrigado por acompanhar o blog!

      Excluir