terça-feira, 8 de março de 2016

Câmbio em Bariloche

Quando planejamos uma viagem para a Argentina, uma das maiores dúvidas que surgem é quanto ao câmbio argentino. Devemos levar Real, Dólar ou pesos argentinos? Quanto vale o peso argentino? Nós também passamos por isso e vamos contar aqui como fizemos em nossa viagem.

Pesquisamos bastante sobre o câmbio antes da nossa viagem. O grande problema é que o valor do peso argentino oficial era valorizado artificialmente pelo governo argentino. Logo nas casas de câmbio oficiais a cotação era bem baixa, mas na prática você consegue uma cotação até 4 vezes melhor trocando sua moeda diretamente com os argentinos, o chamado câmbio paralelo. Com essa cotação artificial o cartão de crédito deixava de ser uma opção viável pois na fatura era feita a conversão utilizando o cambio oficial do governo. Logo a melhor opção foi levar dinheiro em espécie e deixar o cartão apenas para emergência mesmo!

Nós ficamos bastante receosos em sair "trocando dinheiro" nas ruas de lá. Mas depois de ler bastante vimos que essa é uma prática comum de muitos turistas por lá. Não tivemos nenhum problema para trocar o dinheiro lá e acredite, é muito mais simples do que você pensa, além de ter tornado a viagem muito mais econômica.

Mas no fim do ano passado, tudo mudou! O novo presidente argentino Maurício Macri retirou o controle do câmbio argentino e o câmbio oficial igualou-se ao câmbio praticado no mercado paralelo. Veja nesse link a cotação atual do peso argentino em relação ao real brasileiro. Agora você pode trocar seu dinheiro nas casas de câmbio oficiais e nos bancos argentinos sem problemas. O cartão de crédito deixa de ser um vilão e já pode ser usado com mais frequência. Agora viajar para a Argentina ficou mais simples e seguro, aproveite!

Nenhum comentário:

Postar um comentário